O poder e a capacidade de nos comunicarmos são incríveis, e o fato de podermos contar com a linguagem – verbal ou não – para isso é o que nos difere dos animais.

Mas quando essa comunicação ocorre em momento ou formato errado, os resultados podem ser desastrosos. É como dizem todas as sábias vovós do Planeta: em boca fechada, não entra mosquito.

Daí a importância de pensar antes de falar ou escrever, reler antes de apertar o famigerado “enviar” ou mesmo checar se seus dispositivos estão desligados ao iniciar uma conversa ou um comentário que você não quer que outros tenham conhecimento.

Confira a seguir quatro casos desastrosos de comunicação – a maioria bem recente!

1. Joe Biden xinga repórter

Em 24 de janeiro deste ano, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, insultou um repórter da TV Fox News.

Após uma coletiva, quando eles deixavam a sala, o jornalista Peter Doocy fez uma pergunta sobre inflação. A Fox News é reconhecidamente conservadora e opositora a Biden. Pensando já estar com o microfone desligado, Biden murmurou: “Que idiota filho da p…”. Veja o vídeo do G1.

O jornalista afirmou que, mais tarde, o presidente telefonou para ele e disse que “não era nada pessoal”.

2. Suspeito confessa crime ao vivo em TV por acidente

Robert Durst, um herdeiro imobiliário, virou tema de documentários da HBO na série chamada “The Jinx”, que foi ao ar em 2015.

Em uma das transmissões, sem perceber que o microfone estava ligado e que ainda estava ao vivo, Durst foi pego murmurando ao ir ao toalete: “O que diabos eu fiz? Matei todos eles, é claro”. Assista à cena. Acabou se entregando sem querer em pleno documentário, e foi preso em Nova Orleans na noite anterior ao episódio final da série.

Ele foi considerado culpado pelo assassinato da amiga Susan Bernan, em 2000, e indiciado por matar sua ex-esposa Kathie McCormack Durst, desaparecida em 1982.

3. Galvão Bueno xinga Neymar de “idiota”

Em outubro de 2021, durante a transmissão da partida entre Brasil e Colômbia, o narrador Galvão Bueno esqueceu o microfone ligado, enquanto o jornalista Eric Faria comentava o final da partida.

Quando Eric afirmou: “Todos os jogadores estão se cumprimentando no campo, a exceção é o Neymar que assim que o árbitro acabou o jogo, ele foi embora para o vestiário ele não ficou para esse fairplay”, é possível ouvir supostamente a voz de Galvão xingando: “Idiota”. Confira o vídeo.

4. Funcionária reclama da reunião ainda estando na reunião

Em julho de 2021, Alexandra Ceberio, de Long Island, resolveu desabafar sobre o trabalho no TikTok, mas não percebeu que o microfone ainda estava ligado na própria reunião.

Em seu segundo dia de trabalho (!), ela foi reclamar em vídeo no aplicativo que tinha se arrumado e produzido para a reunião online, mas que todos ficaram com as câmeras desligadas.

O seu discurso é interrompido por um colega de trabalho: “Ei, estou ouvindo vocês, só para saberem”.

Há muitos outros casos, especialmente no cenário político brasileiro, que acabamos não abordando aqui. Mas você pode checar:

  • Sem perceber microfone ligado, deputado xinga Lira na sessão do plenário e gera risos, G1;
  • Vereador se irrita em sessão após reprovação de projeto e xinga sem notar microfone ligado em MT: ‘Vai tomar no c*’, G1;
  • Aziz deixa microfone ligado e áudio com críticas a senador vaza durante CPI, Poder 360.